Rosalvo Lima

Empresário com mais de 30 anos de experiência no setor de Asseio e Conservação, que acaba de lançar o livro O ABC da Empresa de Serviços (Ed. Futura, 168 páginas) com dicas sobre como gerir com sucesso uma empresa de serviços.

O que levou o senhor, um empresário, a escrever um livro?

Presidi um grupo dinamarquês que começou na área de limpeza e depois agregou outros serviços. Hoje, aposentado há três anos, resolvi organizar uma obra sobre a administração profissional de uma empresa de serviços, uma vez que não existe literatura sobre o assunto.

O que uma empresa deve buscar para se manter competitiva?

A grande tendência do mercado é atuar como facilities management. Esse termo designa a corporação que executa o serviço e que, ao mesmo tempo, o administra, realizando uma verdadeira sinergia. Outra dica é tornar-se uma prestadora de serviços múltiplos. Esquecer o costume – comum 30 anos atrás –, de trazer na razão social o tipo de serviço (limpeza, segurança etc.) que executava. O negócio hoje é atender a todas as necessidades do cliente relacionadas à terceirização de serviços.

Como o senhor vê o mercado da Terceirização?

Desde que entrei no segmento, a atividade obteve uma série de conquistas. Creio que o setor de serviços ainda é o mais atraente para o investidor jovem, pois não precisa de altos investimentos em maquinário, como o setor industrial, nem de estoques, como exige o comércio. Empreendedores bem sucedidos começam apenas com a vontade de trabalhar e um quadro qualificado de recursos humanos. Outro aspecto importante é o caráter social do segmento de Asseio e Conservação, que insere no mercado um contingente de trabalhadores com dificuldades devido à baixa qualificação.

Que papel desempenha a Terceirização de Serviços no mercado brasileiro?

Um papel positivo, na medida em que permite que uma empresa que não quer se preocupar com as atividades-meio, possa se concentrar na sua atividade-fim. Neste sentido, há uma otimização do trabalho, que, para mim, é a maior vantagem da contratação de um serviço terceirizado e especializado, caso dos serviços de Asseio e Conservação.

Por fim, quais os principais assuntos abordados em “O ABC da empresa de Serviços” ?

A obra ilustra como a terceirização de serviços se tornou uma prática saudável, ocasionada pelas mudanças na economia e no mercado de trabalho nos últimos tempos. O leitor poderá encontrar dicas sobre como controlar a oferta de serviço e manter alto o nível de satisfação do cliente, para evitar prejuízos. Há, ainda, explicações de fácil entendimento sobre fluxo de caixa, o peso dos encargos sociais e a racionalização de custos em cada setor de uma corporação.

15 Agosto 2018

15.08.2018 - Xingamentos em local de trabalho geram obrigação de indenizar (AASP 15/08/2018) TJDFTEm ação...

13 Agosto 2018

13.08.2018 - Fim do contrato não afasta direito à estabilidade de aprendiz gestante (Revista...

13 Agosto 2018

13.08.2018 - Simpósio debaterá o racismo e a intolerância religiosa no ambiente de...

 


 

Receba Notícias do Setor