Maílson da Nóbrega

O ex-ministro da Fazenda, Maílson da Nóbrega (economista e ex-ministro da Fazenda - 1988-1990), sócio da Tendências Consultoria, presta consultoria sobre assuntos econômicos, financeiros e políticos.


Por sua experiência no Governo Federal, o que o brasileiro deve esperar do país neste ano de eleições?

Acredito que não haverá grandes mudanças, uma vez que o nosso mercado não está suscetível somente aos impactos internos, mas a oscilações de mercado exterior. A não ser que o ganhador das próximas eleições para Presidente da República não seja um dos líderes dessa corrida ao Planalto, o que é pouco provável.

Países emergentes, como Índia e China, têm chamado a atenção do mercado internacional. Como está o Brasil em relação à competitividade no mercado global?

O maior crescimento observado na empresa brasileira é justamente em sua estrutura interna. Por isso, estamos atrás destes países em competitividade. Para que este desenvolvimento aconteça da porta para fora, são necessárias melhorias na infra-estrutura e incentivos ao crédito nas áreas trabalhista e tributária.

Que elementos constroem um governo sólido?

Um Banco Central autônomo, melhoria das regras fiscais e, acima de tudo, a confiança das pessoas nas instituições. Institutos fortes devem ser a base de solidez de um governo. No Brasil, a minha visão é de que isso seja obtido nas próximas duas ou três gerações.

Na sua opinião, o que mais tem atrapalhado o governo petista?

As promessas de campanha que não foram cumpridas, os escândalos como os do mensalão e das sanguessugas, além dos conflitos internos do PT.

De que forma a Terceirização de Serviços pode contribuir com o país?

Efetivamente, delegar serviços dentro de uma empresa para que se possa dedicar maior atenção ao negócio em si demonstra uma evolução das corporações. A Terceirização é, sem dúvida, um dispositivo de modernização em gestão empresarial, essencial para promover o crescimento. E o país inteiro ganha com a propagação de empresas modernas e focadas no aumento dos seus negócios.

Perspectivas da Economia Brasileira
Palestra realizada no SEAC-SP

20 Junho 2018

20.06.2018 - Despesas com lavagem de uniforme comum não são indenizadas por empregador (Revista...

14 Junho 2018

ESTADO DE SÃO PAULO REGULAMENTA COMPENSAÇÃO DE DÉBITOS COM PRECATÓRIOS O Estado de São...

14 Maio 2018

14.05.2018 - STF diverge sobre regra que impôs custas e sucumbência em ações...

 


 

Receba Notícias do Setor